Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zine de Pão

Caderno de notas sobre farinhas, leveduras e temperaturas

Zine de Pão

Caderno de notas sobre farinhas, leveduras e temperaturas

27.Jul.18

As oficinas de pão vão de férias

Depois do mês de Junho inteiro a tentar competir contra o Mundial de Futebol e festivais de música todos os fins-de-semana, as oficinas de pão que tenho feito na EHTL, na fantástica Garfa Padaria da Cristina Teixeira e na Confeitaria de Alvor (sítio de obrigatória visita se estiverem pelo Algarve onde vos recomendo comerem 3 pastéis de alfarroba por pessoa e levarem mais dois para casa), vão agora de férias. Espero retomar as workshops depois do Verão e que as de Lisboa sejam na minha padaria.

A melhor maneira de começar estas "férias de workshops" foi receber este e-mail de um dos participantes de um dos workshops na EHTL. Pedi-lhe permissão se podia partilhar convosco e aqui vai:

"Olá boa tarde Paulo,

Bem, não sei se te recordas, mas fui com o meu marido ao Workshop contigo a 21 de Abril. Já passou algum tempo e quero-te dar um feedback da nossa experiência.

Tenho dito ao meu marido que o melhor investimento que fizemos nos últimos tempos foi mesmo ir aprender a fazer pão contigo! E estou mesmo a falar a sério!

Bem, para começar vou ser sincera, matei o isco sim! Mas decidi que ia ao teu blog e ia fazer o isco de raiz. Assim foi, tenho um que se tem portado muito bem no pão!

Depois fomos dar uma volta em família, com a nossa filhota, a Alenquer. Comprámos farinha e lá nos aventurámos. Foi uma experiência tão boa, foram muito simpáticos e acolhedores e o Paulo diz que estás no coração dele :)

Sei que meio caminho andado para ter um bom pão é mesmo bons ingredientes, a seguir terá sido, sem dúvida, os teus ensinamentos. Quero-te dizer, com toda a sinceridade do mundo que ainda não houve, até hoje, um pão que tenhamos estragado. Têm ficado todos óptimos! Uma delicia!

Todas as semanas nos aventuramos a fazer pão e nos deliciamos a comer pão. É uma experiência que nos transcende. Nem te consigo explicar! O meu grande problema é que a minha filha tem dificuldade em deixá-lo arrefecer :)

Temos estado atentos no facebook, a loja em Alvalade está praticamente a abrir. Embora agora também faça pão agora, vamos ser clientes frequentes concerteza!

Queria partilhar isto contigo, para que continues, te sintas realizado, feliz! O que nos deste não te sei explicar, não tem preço e queria partilhar contigo a gratidão que sentimos!

Desejamos-te toda a sorte do mundo no teu novo projecto! Obrigada por tudo!"

Vou de "férias" de coração cheio.

2 comentários

Comentar post