Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Zine de Pão

Caderno de notas sobre farinhas, leveduras e temperaturas

Zine de Pão

Caderno de notas sobre farinhas, leveduras e temperaturas

08.Jun.13

Pão de Hambúrguer (ou pão de Leite, mais coisa menos coisa)

Paulo
O Verão chegou finalmente à Suécia. As temperaturas chegam aos 25C e eu em apuros a não conseguir aguentar o calor - pergunto-me como aguentava em Portugal - mas com o verão não vem só o calor vem também a época de se ligar os grelhadores pelo pais fora; nas grelhas coloca-se de tudo e mais alguma coisa, bifes, costoletas, salmão mas o hambúrguer continua a ser rei.  Há coisa de uns meses para cá que fazemos pães de hambúrguer todos os fins-de-semana na padaria, 700 ou 900 (...)
30.Abr.12

Pão Rústico

Paulo
Mais um pão para o desafio Mellow Bakers, desta vez um pão rústico que usa um pedaço de massa velha como fermento e que contém um pouco de centeio e trigo integral para lhe dar o tal carácter rústico.O resultado não é mau e é uma boa receita para comparar com um pão levedado apenas com fermento natural, daí ter decidido abrir uma excepção e partilhar a (...)
24.Dez.10

Aveia, Mel, Canela e Passas

Paulo
Cheira a Natal. Canelas e passas é uma daquelas combinações que por alguma razão me faz pensar em Natal. Junte-se mel e aveia e as coisas ainda mais deliciosas ficam. Este pão tem um cheiro formidável que contagia a casa inteira logo na primeira fermentação. Depois de entrar (e sair) do forno, é uma alegria para o olfacto. Este pão tem umas aprendizagem interessante no que toca a (...)
28.Nov.10

Pão Preguiçoso

Paulo
Há cerca de quatro anos atrás, o excelso Mark Bittman escreveu na sua coluna do New York Times sobre uma receita de um padeiro qualquer de uma tal de Sulivan Street Bakery. A partir daí nada foi o mesmo. De súbito, uns milhares de americanos começaram a fazer pão em casa e contagiaram passados uns meses toda a Europa. Essa mesma receita é a que partilho aqui hoje e eu ao invés de "No-Knead Bread", dou-lhe o nome de "Pão Preguiçoso" por dois motivos. O primeiro é porque é uma (...)